VIRADA ou OUVINDO O INAUDÍVEL

silencio

                             A Eckhart Tolle

Sem lista de desejos vãos,
sem nostalgias,
sem depressões camufladas de euforias,
sem a mente ruidosa
a acenar-me promessas enganosas.

Que abstraindo os sons dos reveillons,
em meio ao espocar dos fogos de artifício,
eu sinta o medo que se apossa dos bichos
(entre os rojões barulhentos,
que eu amenize seus sofrimentos),
e que o ensurdecedor festim
jamais abafe o silêncio
que vive dentro de mim.

2015/2016

Advertisements

Um pensamento sobre “VIRADA ou OUVINDO O INAUDÍVEL

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s